×
Logomarca

Ministro da Saúde garante a Gladson e Ilderlei recursos para Barcos-Fluviais e 22 ambulâncias para o Acre

por Mariano Maciel 6 de dezembro de 2017

Cameli também solicitou investimentos no valor de R$3 milhões para indicação das emendas extra-orçamentárias e a liberação do pagamento das Unidades Básicas de Saúde

Com o objetivo de melhorar a saúde acreanos o senador Gladson Cameli (PP-AC) e o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PMDB-AC) conseguiram nesta terça-feira,05, em reunião com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a garantia de recursos para a compra de dois barcos- fluviais, um para Cruzeiro e outro para Feijó e também vinte e duas ambulâncias para cada município estão garantidas.

Gladson Cameli acredita que é preciso avançar na construção de um modelo de atenção básica adaptado para os ribeirinhos. “A conquista de barcos mais modernos é fundamental para melhorar o atendimento. Tem comunidades que não tem condições de irem à cidade para procurarem um médico. Por isso, essa conquista é fundamental para nossa gente. O governo federal tem nos apoiado e essas vinte e duas ambulâncias também farão diferença na melhoria da saúde de cada município”, disse.

O prefeito de Cruzeiro ressaltou a importância desse barco para atender a população. “Agradeço muito ao governo federal, ao ministro e ao senador Gladson Cameli. Esse barco traz muitos benefícios à população ribeirinha. Hoje o barco que temos é de madeira e está no estaleiro. Os recursos para a compra de um de ferro, bem mais moderno, chega no momento oportuno”, destacou Iderlei.

Durante a reunião o senador também solicitou investimentos no valor de R$3 milhões para indicação das demandas extra-orçamentárias dos municípios. “O nosso estado precisa se desenvolver e a saúde precisa ser uma das prioridades dos representantes dos acreanos. Estou cumprindo meu papel e o meu empenho para levar mais recursos para os municípios é diário”, concluiu Cameli.

 

Comentários

O Portal Direto do Planalto informa aos seus leitores que não se responsabiliza pelas consequências jurídicas sobre as opiniões divulgadas nos campos de comentários, e que as postagens de conteúdo ofensivos serão excluídos da página.